BD "Le bleu est une couleur chaude", p.79

 

O ideal é sempre poder ver um filme sem saber demasiado a seu respeito.

E o essencial é: Pela primeira vez, na história do cinema, uma adaptação duma Banda Desenhada à tela ganhou um prémio prestigioso, a Palma de Ouro 2013. A critica e os espectadores são unânimes quanto à beleza da fita.

La vie d'Adèle, realizado por Abdellatif Kechiche, não é, contudo, uma adaptação totalmente fiel do livro Le bleu est une couleur chaude, concebido e desenhado por Julie Maroh, na medida em que o relato final é diferente.

 

La vie d'Adèle, embora proibido aos menores de 12 anos, não é um filme pornográfico. É, isso sim, a narração duma aprendizagem iniciática na qual o questionamento da paixão ultrapassa a problemática da orientação sexual. No final, um tema clássico: O amor absoluto e a sua compatibilidade com as exigências culturais e sociais...

 

 

Fontes: Extrato do filme; ilustração - detalhe da Bd, p.79, ed. Glénat 

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 * qestionante e líbido qb

 

 

"LOST AND DELIRIUS" | Lea Pool, Canadá, 2011

Em Portugal: "A Outra Metade Do Amor" | No Brasil: "Assunto de Meninas"

 

ficha do filme

por MrCosmos | link do post


"O melhor Povo do Mundo" {#emotions_dlg.unknown}

  

Quatro manifestantes em nu integral no protesto frente à Assembleia da República,

após serem públicos os detalhes do Orçamento de Estado 2013, alegando que 'aquelas' são as suas armas para lutar

  


Irónico ou não, facto começa a ser que, 38 anos depois, a afirmação do Ministro Gaspar em relação às atitudes de revolta manifestas pelo povo português, são certamente uma grande questão. Um cravo aqui e teríamos a "cereja no topo do bolo".


Paulo C. Jerónimo

por MrCosmos | link do post

 

Cliquez sur les images pour lire / agrandir # Clicar nas imagens para ler / aumentar

 


 

 

A revista cultural Muze deste trimestre apresenta um excelente dossier sobre a cultura Portuguesa declinada no feminino. São 50 páginas muito bem documentadas com várias entrevistas e referências.

Marca-me a entrevista com Joana Vasconcelos. Esta criadora vai expor a partir de 2 de Junho nos jardins do Palácio de Versalhes. Se já em Novembro tinha discutido com uma colega a propósito da obra de Joana Vasconcelos e da sua mensagem poética-política, a entrevista com Joana Vasconcelos esclarece-me quanto a um velho provérbio Português.

 

Mas vamos por movimentos:

 

Os trabalhos da autora reenviam para a condição da mulher e para a sua exploração cotidiana. A presença de inúmeras peças feitas à base de "crochet" tenta mostrar que as mulheres Portuguesas fizeram mais "crochet" que as outras Europeias. Como se o "crochet" fosse um antídoto contra a liberdade de palavra e de expressão.

 

O sapato feito com tachos, de Cinderela ou de Marilyn Monroe, tal como o candeeiro feito com pensos higiénicos, reenviam para a condição da mulher, reclusa entre a sexualidade e a vida doméstica, presa entre a tradição e a sedução. 

 

Nunca percebi porque, em Portugal, se diz: "Quem não conhece Viana não conhece Portugal". Talvez, graças às palavras de Joana Vasconcelos, entenda agora melhor. Versalhes é o símbolo absoluto do luxo Europeu. Em Portugal é a jóia Vianense em forma de coração que simboliza o luxo. De norte a sul, esta jóia é símbolo de comunicação social. Logo, "quem não conhece Viana não conhece Portugal".

 

A obra de Joana Vasconcelos pode também ser consultada aqui .

Parabéns à revista Muze nº67 (av, mai, ju 2012) pela qualidade do trabalho apresentado.

 

Fonte: Muze nº67

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

Onde acaba a arte e começa a ordinarice depende de quem cria ou de quem vê {#emotions_dlg.unknown}

 



 

--

  Paulo Jerónimo

por MrCosmos | link do post

 

 

[Para ler o artigo clicar na imagem / Pour lire l'article cliquer  sur l'image]

 

Marks Roberts deu uma grande entrevista ao último "Hors Série" da revista So Foot.

Só por si, a entrevista indica que existem aspectos novos na evolução do futebol, quer como espectáculo quer como jogo. Mas voltaremos sobre este assunto com o artigo, para mim fora de série, que a So Foot realizou sobre o FC United.

Quanto à entrevista de M. Roberts, talvez o mais engraçado seja que o seu streak preferido tenha sido contra o FC Porto em 2003, em Sevilha.

E acho que, visto as suas palavras, não está disposto a esquecer Victor Baia: "...Infelizmente, o guarda-redes (Vitor Baia,ndlr) defendeu o meu chuto. Que cabrão! Eu que sempre tinha sonhado marcar numa final de taça da Europa... E tinha preparado muito bem o meu golpe..."   [ver vídeo]

 

E ainda há quem diga que o FC Porto é um clube provinciano?

 

--

Fonte/Source: So Foot, "Hors-série", Dez/c 2011, p.10

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

Terá o povo razão ao assumir que "Não há pecado maior que o da língua"{#emotions_dlg.unknown}

 

"Eu não tenho vergonha
de dizer palavrões,
de sentir secreções
(vaginais ou anais).
As mentiras usuais
que nos fodem sutilmente
essas sim são imorais,
essas sim são indecentes."

 

Leila Míccolis - "Ponto de vista"

 

Este post deve ser lido na continuação de Meteo: Um Ovni?

Paulo Jerónimo

por MrCosmos | link do post

 

 

Ja acabaste de apreciar a nossa bela imagem?
Então fecha os olhos (se és capaz :-) e escuta...

 

créditos: João Santareno
por MrCosmos | link do post

 

 

 

Bertrand Bonello, autor de L'Apollonide (Souvenirs de la maison close), filme em competição em Cannes 2011 e que estará nas salas no dia 21 deste mês de Setembro de 2011,  foi entrevistado pela revista So Foot.

Não resisti à tentação e à revelação de publicar o que nos apresenta sobre Godard:

 

"O Sonho de Jean-Luc Godard, era de realizar, creio,  um jogo de futebol com a tf1. Mas eles disseram-se: "É tão maluco que vai filmar tudo menos a bola." E penso que é o que teria feito."

Fiquei a pensar: O que é a loucura cinematográfica, no que diz respeito ao futebol?

 

Este post pode ser lido como uma continuação de Mentiras e Limites da Camêra no futebol

Fonte: So Foot, Setembro de 2011, p.123 /  Imagem: Foto do filme : L'Apollonide

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

O filme de Fernando Trueba e Javier Mariscal mergulham-nos numa história de amor onde o Jazz é rei.

Se o cenário decorre no fim dos anos 40 em Cuba, país poluído pela prostituição e os dólares, o mesmo cenário mostra-nos que os Cubanos integrarão no Jazz novos ritmos latinos e africanos.

 

O filme "Chica & Rita" (trailer aqui) é uma bela obra muito bem documentada que mostra que o cinema de animação ainda existe.

Interessante observar que os mídias Franceses optaram, quer pela imagem em preto e branco quer pela imagem em cor, no que diz respeito à apresentação do filme.

Este filme é não só uma homenagem ao cinema de animação como também é uma homenagem ao Jazz dos anos cinquenta.

 

Imagens: Midias fr

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

Não creio que haja muito a dissertar sobre as manifestações (ou acampamentos?) Espanholas.

A Espanha é uma democracia !

 

E talvez os "indignados" se tenham esquecido deste panfleto clandestino, aquando das grandes greves dos mineiros Asturianos no final da década 60. Esses mesmos mineiros foram vítimas duma repressão sangrenta. 

Que não se confundam alhos com bugalhos : Haverão menos vampiros. LoL !

 

Imagem : Foto, p. 21, nº 9 da revista "Internationale Situationniste", Agosto 1964 /  Fonte : Arquivo pessoal.

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 O  

 

 

"Passe a imodéstia" - e abrindo já aqui um parênteses: eis uma das frases que se tivesse de ter uma imagem gráfica, caricaturava-a logo de imediato com o Presidente de Câmara da minha vila, porque nunca se cansa da usar - passe portanto a imodéstia :-), não raras vezes o colaborador PortoMaravilha, o amigo Nuno, atribui como uma das chaves do sucesso que reconhecemos ao 'nosso' Cosméticas, como que sendo o trabalho gráfico aqui desenvolvido, e sabido ser da responsabilidade do Mr, MrCosmos.

 

Nunca deixando de concordar com ele, é facto que aprecio e tento ter cuidados acrescidos com o aspecto gráfico do blog, no entanto é bom não desperceber que sem conteúdo, o bom grafismo ate pode ser um bom balão de oxigénio, mas de pavio curto, temporário.

Relacionado com isto, fica um desafio assim, tipo... fim de semana. Pois que se reflicta na importância e preponderância que o aspecto gráfico pode exercer.

O vídeo presente, como qualquer arte gráfica, pode não conquistar todos os gostos, mas 'saltará, sem dúvida, à vista'.

 

Este vídeo achei-o divinamente inteligente no dia em que o conheci.

Ao assisti-lo, se os espectadores ainda não tiverem sido convencidos pela arte gráfica e sonora introduzida, então, eis que entra um cliché, que nem anúncio de filme de cinema à portuguesa: umas cenas, dispensáveis mas sempre apreciáveis, de gajas 'mamalhudas' a rematar. um bom motivo portanto para se aguentarem, ainda que não gostem, e 'mamarem' tudo até o fim.

Se não, pensem comigo: sendo que o tema musical do videoclip desta banda francesa, dos parisienses Heavenly , é "Lost in your eyes" (Perdido em teus olhos), porquê o realizador ou editor do vídeo se foi perder mais entre mamas e afins do que com apenas uns belos pares de olhos?

Porque um bom artista gráfico sabe-o: "Os olhos também comem"! E parece-me somente esta a ideia presente no video, do princípio até o fim.

por MrCosmos | link do post

 

 

 

Facebook  censurou a página dum  internauta Francês que publicou o quadro de Courbet :   'A origem do Mundo'.

Porquê ?

 

Até hoje, quase ninguém se lembra que Orlan paradiou A origem do Mundo de Courbet, dando-lhe o título de : 'A origem da guerra'.

Porquê ?

 

Este post pode ser lido como a continuação de "A Transmição simbólica : Folheto nº2 "

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

   MIYOKO * Filme exibido a 1 de Março, de Yoshifumi Tsubota (Jap) - 86 min.


Apesar das horas e horas de atenções e emissões televisivas, apesar dos largos quilómetros de passadeiras vermelhas estendidas em Hollywood, não será pelos filmes nomeados nem tão pouco pelos galardoados recentemente pela Academia de Oscars, que pondero vir a ganhar algum "calo no cu" assistindo do sofá ou qualquer outra sala de cinema, à minha mais recente lista de filmes e interesses criada por estes dias no que a curtas ou longas-metragens diz respeito.

 

Não! Curioso mesmo, estou por "beber" da fonte apresentada na Edição 2011 do Fantasporto, cuja 31.ª Edição da mostra internacional  tem estado a decorrer por estes dias e termina amanhã, 6/Março.

É que, com a devida vênia para ambas, nem sequer me merece hesitações (As americanadas vs Fantasporto) não se tratasse este último de um dos nossos na lista de links aqui no COSMéTiCAS, tidos como dos mais Nobres, Invictos e Leiais!

por MrCosmos | link do post

 

 

Um internauta teve a brilhante infeliz ideia de apresentar uma reprodução, na sua página, do quadro de Courbet :

A Origem do Mundo (link).

Este mesmo internauta, por isso,  perdeu a sua conta no facebook.

É que facebook confunde alhos com bugalhos.

Pelos vistos,  Facebook não entende a pintura clássica !

Pior ainda : Este acto de censura não é neutro.

Este é o resultado de denúncias que pensam que o quadro de Courbet é um ataque contra a "arte correcta".

Facebook quer a leiteira, o leite e o dinheiro do leite ?

Facebook é uma máquina normativa que, cada vez mais, tem dificuldades em se apresentar como a expressão da liberdade e da diversidade humana.

 

Foto : Télérama, 2 de Março de 2011, p.14

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.