Eu, portista, me confesso: Pois que pequei.

A dama que me acalenta desde sempre na cama, minha bela dulcineia e de sempre apaixonada, parece-me hoje algo farta, balofa, tolhida de movimentos, sem jeito para as boas fodas de outrora. Por sua vez, a vizinha, ah! a vizinha, quando traja aquele seu vestido que tem de tão sensual como de sua cor tem o vermelho, Ah, essa! Com essa sim me perco ultimamente, na minha fome de desejo, que comigo me vejo levado e espreitando pela restea da janela, em pensamentos devassos, gozando, vibrando, excitando, com seus belos e oportunos movimentos, sedutores, traçados indelevelmente por entre as 4 linhas daquele verde relvado.

E não tenho pejo em dize-lo: a galinha da vizinha, está mais farta que a minha. Lustrosa, bonita, por onde passa deixa um traço indelével, e pouco me importa seu aroma de perfume barato espalhado, pois que ainda assim me excita, me deixa de vergonha rosado.

Pernas longas esbeltas, na defesa de piropos e tiradas, que me lamentam. Meio campo bem desempenado, curvilíneo, movimentos da esquerda à direita bem desenhados, de bunda arrebitada. À frente, dois belos seios, empinados, também eles entre seus poderosos movimentos esbeltos, cujos mamilos duros espreitam no relevo da blusa, quais mortíferos ponta de lança.

Mas eís que uma nuvem negra se avista e por alí paira. Afinal a bela vizinha mais não é que um macho! Com estilo másculo, nome divino, chiclete na boca, coisa rasca.


E eis que a repulsa agora me atinge, percebo que ali todos chupam, pois que continuem chupando.
Grito por dentro, acordo, suspiro, eis que foi um sonho ou pesadelo molhado. Ao meu lado a vejo a mesma de sempre, escudeira, fiel, amada, que luta, me dignifica, traja de cores celestiais, que me dá o que eu lhe dou e muito mais. Prometo a mim mesmo que nem em sonhos minha mente tão depresa a atraiçoa, pois que se a galinha da vizinha parece mais farta que a minha, a minha não é a puta da vizinha.
 

:by MrCosmos,
simultâneos COSMéTICAS.org / BiBó PoRtO, carago!!

 

Parenteses: recomendo as dissertações pelo futebolês de Eduardo Louro, um

vizinho forte (link) que temos no cosméticas. Os escritos sobre as figuras de estilo usadas no vocabulário do futebol português, aos sábados, para quem gosta apaixonadamente de futebol, seja qual for a cor. 

por MrCosmos | link do post

Afinal o gesto que causou tanta polémica se fosse devidamente explicado até que deveria ser considerado bastante sensato... O homem mais não fez do que juntar-se ao coro. Ele bem tenta todos os dias acalmar a euforia benfiquista, lembrando que a morder-lhe os calcanhares tem o verdadeiro (tetra)campeão...

 

por MrCosmos | link do post

Começa-mos com o pé esquerdo. Perdemos!

E depois? Quantas vezes já nos erguemos?

Quantas já nos levantamos? Quantas mais ainda perderemos?

  • Só quem nunca estremeceu ao ouvir o timbre daquele hino arrepiante;
  • Só quem nunca chorou desalmado, com um golo de calcanhar, rejubilante!
  • Só quem nunca ficou com o coração cem-a-hora;
  • Só! Quem nunca soube o que é andar-se de cabeça à nora;
  • Perder o dia desconcentrado enquanto a bola não ruma à proa;
  • Só quem vive agarrado ao passado; não sonha; não cria; e nada sua alma povoa...

...não entende a magnitude de ver os seus, de suas nobres vestes reais trajadas.

 

Azuis e brancas,erguem a bandeira.

Em tempos monarquia, agora, sem eira nem beira.

A esperança polula entre homens dignos e por isso envergam escudo nacional ao peito, invocando. Seu lema: não envorgonhar suas gentes, lutando.

 

Com um atrevimento conquistador desmesurado dobram cabos das tormentas.

Temerosos. Mas lutam sem medo.Corajosos.

Que se lança pelo mar a dentro, por tubarões do velho continente dominado.

A cada ano, em busca de mais glórias, partem na descoberta, com ímpeto renovado.

 

Foi por isso que  os próprios mouros antes pré-dominantes se renderam.

Vitória! Venceram.

Primeiro conquistaram o mundo, e vede que agora nasce um luso profundo, em qualquer lado . Existirá coisa igual? 

E conjogou Homem de Mello: "Como não por no Porto uma esperança, se daqui houve nome Portugal?"

AMO-TE, Porto.

 

«Die Meister, die Besten, les meilleurs equipes, the champions!»

 

 

Dedicado à minha fiel mulher de armas, Esperança Vitória, de sua graça.

Porque há amores assim.

por MrCosmos | link do post
sinto-me:

Esta semana bebericando o meu café da tarde, apanho esse poluto pasquim que se dá pelo nome de Correio da Manhã, para lhe espreitar a última e única página onde perco algum tempo, o preciso e necessário para acompanhar a bica quente e escaldada, espreitando as breves que aí apresenta e a rubrica Bilhete Postal de Carlos Abreu Amorim. E é nesta breve de quinta-feira passada que me assombra aquela sensação com que se fica de esvaziamento mental por tamanho acerto e concordância total perante o que se acaba de ler ao que, ainda que quiséssemos, o assunto foi tão sucinta e bem apresentado que não temos mais nada a dizer. Sabem como é?

Dizia CAA:

    "Rui Moreira escreveu um livro sobre o Porto. Como ele próprio assume, “sobre vários Portos“, acerca dos “territórios de geometria variável” que preenchem aquela ideia singular que quer os de fora quer os de dentro chamam Porto, tantas vezes, por razões muito distintas. Rui Moreira conseguiu fazer a simbiose aparentemente impossível entre uma reflexão séria e um irrefreável grito de amor. Nele se percebe que o Porto é, antes de mais, uma forma de ver o País e o Mundo – sempre virada para fora mas obstinadamente fiel às suas raízes. Rui Moreira intuiu que o carácter do Porto é tudo o que importa. É a partir daí que o resto do País se pôde achar a si mesmo. E que a debilidade que o Porto tem exibido é fonte de grande parte do desnorte de que Portugal padece."

Ora sucede que ainda nesta última semana havia tido naquele mesmo café, uma das poucas discussões futebolisticas a que me dou igualmente ao luxo de tempo perder, que metia ao barulho o mesmo Rui Moreira, e a a atitude ainda recente de Antero Henrique relativamente ao volte face de elogio/ataque ao Benfica, do qual dizia que não sabia ganhar em democracia, e uma corrente de opinião que corre de que estes dois conhecidos portistas se preparavam para marcar terreno por uma disputa do lugar cimeiro da presidência portista, pós pinto da Costa, e no esperar para ver se os portistas se reveriam mais no estilo low-profile de RM ou no aceso e atiçado estilo mais à Pinto da Costa de Antero Henrique.

Lá me dei ao trabalho de lhe ter que explicar que apesar de me rever mais no estilo da defesa portista à Rui Moreira, politicamente correcto, é naquele arreganho de Antero Henrique que o Porto precisa e portanto, a ter que escolher entre os dois, e não obstante de estar muito mais próximo da linha de pensamento do primeiro, era neste último em quem depositaria o meu voto.

Tempo perdido! Por muito que lhe tentasse explicar que o êxito do FC Porto estava em ter o homem certo no lugar certo nas últimas décadas, aquele acéfalo benfiquista nada mais via ou ouvia que não fosse a culpa das arbitragens, os roubos ao seu Benfica, as corrupções que viciam o jogo, frutas e cafés com leite, veneração ao Papa Pintinho e blá blá blá...

Pá, passei-me! Levantei-me da mesa, puxei dos galões de tetra-campeão, e pus na voz o melhor sotaque que conseguia, pois não havia outro remédio para ele compreender senão responder-lhe à moda do norte:

 

    "OuBe lá, meu morcãoé! Tira lá essas palas de cabedal bermelhas que tens à frente dos olhos, e limpa-me esses ouBidos cheios da merda que trazes nessa cabeça, e ouBe Beim o que te boué disere: O futebole, é uma grande filha da putice! E como tale, quero no destino do meué clube a "puta mais belha" de todas. E para bosso azare, não há no futebol "puta mais belha" que o Pinto da Costa. Por isso, ide mas é pró caralho, e deixem de se fazere de Birgens ofendidas."

E virando costas:

 

por MrCosmos | link do post
por MrCosmos | link do post

E bom Fim de semana!

 

por MrCosmos | link do post

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.