H.G. Wells a pensé que les habitants de Mars étaient hostiles.

Depuis Mars est devenue une planète sympathique.

La présence de l'eau s'est avérée en Mars.

 

Life on Mars ? comme chantait David Bowie en 1971?

 

Nuno

 

H.G. Wells pensou que os seus habitantes eram hostis.

Mas, desde então, Marte é um planeta amigo.

A presença de água verificou-se em Marte.

 

Life on Mars ?  Como cantava David Bowie em 1971 ?

 

 Nuno

por PortoMaravilha
editado por MrCosmos em 09/04/2011 às 21:09 | link do post
Sobre a vida em Marte desviando-me para a temática ET's,

Ter fé na existência de santos, anjos e demónios, não será a mais antiga demonstração de crença humana em vida alienígena?

MrCosmos a 8 de Janeiro de 2010 às 16:43
Não sei !

Acho que as sociedades animistas tem uma relação com o Cosmos diferente da nossa. E por isso me interessam cada vez mais.

Eu via mais a crença nas divindidades como uma resposta fácil à questão existencial do/ de quem somos. Tanto mais que estas divindades só aparecem tardivamente na história da humanidade. O diabo nem sempre foi o mau da fita. Talvez por isso se empregue ainda "pobre diabo" / "pauvre diable"

É uma excelente pergunta.

Nuno







O diabo tem as costas largas!

Desde que me lembro que respondo isso, sempre que me vinham, ou vêm com desculpas, de que a carne é pecaminosa, o diabo têce-as, e outras bruxarias...
Mas que as há, - há!

Espiritos ou espiritismo, penso que estarão ligados ao subsconciente (ou em evidência) do que falas zomo "questão existencial do/ de quem somos", mas,

Acho igualmente e eu relaciono isto de há muito tempo ( no 8º ano meti esta colherada a um professor de história, e depois de 4 aulas de volta do assunto, deu trabalhos de grupo e exposição no Pav.º Polivalente do secundário) acho, que mesmo eventualmente sem grandes teses que se debrucem sobre o assunto, que a crença espiritual e formas de vida ET, tem ligação e o alienismo tambem tem para mim que ver com "a questão existencial do/ de quem somos" .

Deus e o Diabo, para a espiritualidade os espiritos mais pobres, aliens e outros afins para a espiritualidade dos mais instruidos ?!
Quiçá! Venha o diabo e escolha...
MrCosmos a 8 de Janeiro de 2010 às 22:42
É complicado. Eu não sei .

Pessoa era muito instruido e praticou o espiritismo. Os surrealistas praticaram a experiencia da escrita automatica debaixo disto ou daquilo. Mas como bem dizes são tentativas para conhecer o subconsciente.

Creio que aparição , a crença em ET e outros está ligada à ida à Lua , aos primeiros voos no espaço , ao avião , etc. Mas talvez a raça humana começe a pensar de maneira difusa a necessidade de encontrar novas fontes de energia ( lá vem de novo o Avatar e a ecologia ).

Eu conheço muito pouco ou nada das sociedades animistas. Mas creio que estas pensam as divindades como parte integrante da natureza e homem como fazendo parte desta.

Bom era ter mais tempo para pensar estes assuntos.

Nuno

PortoMaravilha a 9 de Janeiro de 2010 às 14:27
ESTE POEMA É SOBRE A LUA, que também é um astro, mesmo defraudado...
__________________________________________________________________

Poema do homem novo
in Novos Poemas Póstumos (1990) - António Gedeão


Niels Armstrong pôs os pés na Lua
e a Humanidade saudou nele
o Homem Novo.
No calendário da História sublinhou-se
com espesso traço o memorável feito.

Tudo nele era novo.
Vestia quinze fatos sobrepostos.
Primeiro, sobre a pele, cobrindo-o de alto a baixo,
um colante poroso de rede tricotada
para ventilação e temperatura próprias.
Logo após, outros fatos, e outros e mais outros,
catorze, no total,
de película de nylon
e borracha sintética.
Envolvendo o conjunto, do tronco até aos pés,
na cabeça e nos braços,
confusíssima trama de canais
para circulação dos fluidos necessários,
da água e do oxigénio.

A cobrir tudo, enfim, como um balão ao vento,
um envólucro soprado de tela de alumínio.
Capacete de rosca, de especial fibra de vidro,
auscultadores e microfones,
e, nas mãos penduradas, tentáculos programados,
luvas com luz nos dedos.

Numa cama de rede, pendurada
das paredes do módulo,
na majestade augusta do silêncio,
dormia o Homem Novo a caminho da Lua.

Cá de longe, na Terra, num borborinho ansioso,
bocas de espanto e olhos de humidade,
todos se interpelavam e falava,
do Homem Novo,
do Homem Novo,
do Homem Novo.

Sobre a Lua, Armstrong pôs finalmente os pés.
caminhava hesitante e cauteloso,
pé aqui,
pé ali,
as pernas afastadas,
os braços insuflados como balões pneumáticos,
o tronco debruçado sobre o solo.

Lá vai ele.
Lá vai o Homem Novo
medindo e calculando cada passo,
puxando pelo corpo como bloco emperrado.
Mais um passo.
Mais outro.

Num sobre-humano esforço
levanta a mão sapuda e qualquer coisa nela
com redobrado alento avança mais um passo,
e a Humanidade inteira, com o coração pequeno e ressequido
viu, com os olhos que a terra há-de comer,
o Homem Novo espetar, no chão poeirento da Lua, a bandeira da sua Pátria,
exactamente como faria o Homem Velho.
Eunice a 9 de Janeiro de 2010 às 22:34

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Merci pour le partagehttp://boomlasers.alzawaia.co...
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.