Entretien avec Bernard Plossu

 

Bernard Plossu a un très beau livre de photos sur la ville de Porto. Il fut edité en 2001 par le Centre National de Photographie du Portugal.

 


 

Bernard Plossu tem uma excelente obra de fotografia sobre a cidade do Porto. O texto é de Maria do Carmo Serén e foi editado , em 2001,  pelo Centro Nacional de Fotografia.

Segue aqui a entrevista que deu ao diário "Libération "

(tradução em pt em baixo)

 A primeira imagem ?

O filme Adémai Aviador, durante uma noite escaldante de Verão, em Juan les Pins, em 1949 penso.

 

O filme ( ou a sequência ) que traumatizou a sua infância ?

Traumatizou ? Porquê traumatizou ? Pode ser , ao contrário, encantou ! Primeira lembrança , dois documentários : Um sobre a China, as estátuas de cães diante dos templos ; e o outro sobre o Canadá, as cores extraordinárias das camisas aos quadrados vermelhos e pretos debaixo do céu azul dos filmes a cores perfeitos dos anos 1950.

 

Uma cena fetiche ?

Quando Massai, o Apache, em Bronco Apache de Robert Aldrich , encontra de novo a sua montanha , após ter fugido do comboio que o levava , ele e os seus , para uma reserva na Florida. A sua revolta tinha tudo a ver com a do jovem Inglês que recusava  passar a linha, no admirável  " La Solitude du coureur de fond " ...

 

Dirige um remake. Qual ?

Não tenho ideia. Nunca pensei em "dirigir" , mas so e essencialmente em filmar : Os cameramen interessam-me mais que os realizadores.

 

O filme que mais viu ?

Vera Cruz de Robert Aldrich, em qualquer sítio e em todas as línguas, em Francês, Inglês, Espanhol...

 

Um fotógrafo que gostaria ver fazer cinema ?

Já o fez. É John Cohen sobre o Perú.

 

Um sonho que poderia ser o início dum cenário ?

Sonho recurrente : Ando numa cidade e na montra duma livraria há um...novo Tintin. Infelizmente acordo ! Como filmar isso ?

 

A personagem que o faz mais sonhar ?

Aí não tenho qualquer ideia. A palavrra personagem aplica-se sempre a uma abstração de bom orador. Prefiro nitidamente o tempo passado com os índios na Selva, não são personagens, mas pessoas verdadeiras. Arthaud dizia que os Tarahumaras, índios do Norte do México, designam os brancos por " aqueles que se enganaram ".

 

O cineasta absoluto a seus olhos ?

Mizoguchi, isto é, Balzac. É o único a ter chegado ao nível de Balzac no desprendimento. E o pudor, essencial, isso ! Como as centenas de páginas de Balzac para descrever uma bela emoção. Não há   "cenas de rabo " para dar  vender.

 

Um filme que é o único a conhecer ?

Pouco reconhecido ou cotado : "La Vie à l'envers" de Alain Jessua. É um filme extraordinário sobre o não, sobre a revolta, sobre o absurdo.

 

O actor que gostaria ser ?

Não sei. Charles Denner Talvez ?

 

O último filme que viu ?

Não vou mais ao cinema. Em dvd "Le cri " d'Antonioni.

 

Tem saudades do cinema mudo ?

Mas o cinema mudo existe. Basta não pôr o som . É o que faço com os filmes de Antonioni em dvd. Escapo , assim, às palavras de amor existenciais.

 

O Cinema desaparece. Um epitáfio ?

Até logo !

 

A última imagem ?

A do dia de amanhã ?

 

( entrevista dada ao diário "Libération "  / 18 de Nov de 2009  )

por PortoMaravilha | link do post
O livro chama-se pura e simplesmente "Porto" .

As fotografias ( a preto e branco ) são sublimes e o texto ( bilingue pt ing ) de Maria do Carmo Serén é fabuloso.

Uma outra excelente edição do cnf.

E mesmo caso pra dizer.

E Viva o Porto !
PortoMaravilha a 1 de Dezembro de 2009 às 20:02

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Merci pour le partagehttp://boomlasers.alzawaia.co...
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.