Pois que entremos nessa discussão tão em voga que mexe em tudo o que é blogue e forúm, seja televisivo, radiofónico ou na internet.

 

José Saramago, 20 anos depois, está novamente envolvido em polémicas dominicais, e viu-se hoje impelido a ter que emendar a mão, tendo assumido: “A Bíblia tem coisas admiráveis do ponto de vista literário. Entre elas, estão os Salmos e o Cântico dos Cânticos."

Para além das partes já citadas, o Prémio Nobel dá a entender que  também já leu o Pentateuco (os cinco primeiros livros da bíblia) e o Novo Testamento.  "Caim" não se trata de nenhum ensaio sobre a temática, conforme referido, José Saramago  já gerara controvérsia com a publicação de "O Evangelho Segundo Jesus Cristo" obra de tal modo polémica, que esteve por trás da decisão do escritor abandonar Portugal e já ter assumido que preferia ser espanhol.

 

Só consigo encaixar está necessidade de Saramago se afirmar dotado de conhecimento bíblico, perante a crítica que o acusa de ignorante no que aos versos sagrados diz respeito. E têm razão. Saramago é de todo ignorante quando entra por campos do divino. Tenta ridicularizar conceitos bíblicos caindo ele próprio no ridículo como é exemplo a forma como questiona a criação do mundo em seis dias.

 

A Bíblia, é o livro mais lido, mais traduzido, mais distribuído, mais perseguido, mais amado ou repudiado, ninguém que o leia lhe fica indiferente. A versão mais comummente aceite trata-se de uma colecção de 66 livros catalogados, escritos num período de 1600 anos por cerca de 40 homens de diferentes formações culturais e classes sociais. Não obstante, do primeiro ao último livro há uma linha condutora e harmoniosa, só explicada segundo os crentes, pela inspiração divina dos escritores. Estes são assuntos com os quais me sinto perfeitamente à vontade, dos quais tenho poucas dúvidas e conceitos bem definidos, derivados da formação religiosa que me foram apresentados por meus pais até atingir a idade adulta. Tal conhecimento adquirido levaram-me a ser muito céptico no que a religião diz respeito, no entanto tenho já debatido tais assuntos com padres, seminaristas ou ateus, com o mesmo à vontade com que discuto futebol.

 

Por isso me soou às maiores bacoquices, só desculpáveis a um português que almeja ser espanhol, e em fase de aparente início de demência, querer desmontar a primeira parábola bíblica da criação do mundo em seis dias, ignorando (aparentemente mesmo por pura ignorância) que segundo as regras bíblicas, um dia (unidade de tempo mais curta citada nos "livros sagrados") equivale no espaço temporal divino a mil anos.

 

A bíblia não será um livro fácil de ler, muito menos de interpretar. Coisa muito mais impraticavel para  quem quiser interpretala à letra do que diz. Pode-se considerar que se trata de uma grande parábola, cujo tema principal e denominador passa pela legitimidade de um Deus criador governar  e reger os humanos, que foi posta em causa pela figura satânica, o Diabo. Ao que Deus concede então um período incógnito (e que a humanidade ainda está a atravessar) para que se conclua se o homem sem orientação divina é ou não bem sucedido em se auto-governar. As profecias apocalípticas do último livro demonstram a governação humana a caminhar para a autodestruição, pelo que Deus terá então que intervir "renovando" a classe humana no proliferado har-magedom, dia do juizo final.

 

No fundo, a bíblia é um livro cheio de estórias e simbologias, bem como aspectos prácticos que apelam a introspecção, e que o outro entende por se tratar de coisas absurdas e disparatadas.

 

Resumindo e concluindo, Saramago apresenta-se como um burro à olhar o palácio, uma ignorância tal ao entrar por assuntos do divino, tão comparável quanto os meus no que trata à culinária. Descontextualizar e isolar a leitura remetendo-se "apenas a ler o que lá esta", conforme o próprio referiu, come-se. Mas não deixa de ser um pão sem sal.

por MrCosmos | link do post
etiquetas: ,
" No Início era o Verbo " ! Para mim , a frase chave.

Lembro aqui um post do tags a "transmissão simbólica" em que os jovens dos subúrbios exprimem a carência de verbo ( ou palavras ) pela violência .

O " Apocalipse " não é mais que a consequência , a destruição do princípio primeiro : "No início era o verbo ".

Pessoalmente, acho que Saramago tem um livro fantástico. Só por si vale muitos nobeis. ( Memorial de Convento ). O resto da obra acho simplex , na medida em que parece mais um exercício de estilo que criação, propriamente dita. Mas não sou critíco literário.

Se no "Início era o Verbo ", que o verbo seja livre !

Acho que é mesmo fazer tempestades num copo de água ( diz-se aí ? ) que dar tanta importância ao assunto.

E Viva o Porto !



PortoMaravilha a 21 de Outubro de 2009 às 22:21
O problema, companheiro, é que a imprensa adora estas deixas, e depois há o lado publicitário, e bem aproveitado que está a ser, da coisa.

Saramago apareceu em programa/entrevista especialmente inserida em horário nobre hoje à noite, onde só posso concluir que o homem lá tem os seus conflitos espirituais mal resolvidos. E ele junto com a editora lá conseguiram o que queriam: publicidade, da boa, e ainda por cima grátis.
MrCosmos a 21 de Outubro de 2009 às 23:10
PS; olha agora começa na RTP-N (canal temático de notícias com boa audiencia) mais um programa de debate alargado com 4 ou cinco opinadores. eheheh!
Et vive la France!
MrCosmos a 21 de Outubro de 2009 às 23:14
You made some good points here. I did a search on the topic and found most people agree with your blog. An impressive share. So allow me to reword this…. Thanks for the meal!! But yeah, thanks for spending the time to talk about this matter here on your web page.
S860 lenovo a 10 de Junho de 2014 às 07:25

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Merci pour le partagehttp://boomlasers.alzawaia.co...
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.