Segundo Raúl Ruiz:

"Todas as técnicas do cinema desaguam, desde agora, no sentido de vos escravizar. Escraviza-se a atenção do espectador."

 

Citação: Libé, 21 de Agosto de 2011

Foto: L'Autre Journal, Out de 1990, p.102 ( arquivo pessoal ) / Uma imagem do Che diferente entre outras...

Este post pode e deve ser lido como a continuação do post Mystères de Lisbonne

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

Foram precisas décadas para que se desse, finalmente, uma continuação conseguida ao romance de Pierre Boulle: La Planète des Singes.

Continuação que o realizador Rupert Wyatt soube elaborar.

Pierre Boulle, conheceu os acontecimentos da segunda guerra mundial. Em 1963, elabora o seu romance, La Planète des Singes. Não é só um romance de ciência ficção. É também um questionamento sobre o funcionamento das sociedades humanas.

Esta obra, tornando-se um clássico, começa a questionar a sociedade Francesa. Se acrescentarmos, a este suceso de edição, o sucesso da canção de Françoise Hardy, tous les garçons et toutes les filles de mon âge, praticamente publicado na mesma altura, podemos pensar que as premissas de Maio de 68 estavam reunidas nestas duas obras.

 

Curiosamente, a primeira versão cinematográfica do livro de Pierre Boulle sai nos USA em 1968. O Filme é de Schaffner, tendo como actor principal C. Heston.

Da obra de Pierre Boulle, nascerão Bandas Desenhadas, folhetins televisivos e vários filmes. Em 2001, Tim Burton, tentou uma adaptação demasiada pretensiosa (opinião subjectica) que não teve qualquer êxito.

O filme de Rupert Wyatt, focando a pesquisa sobre a doença de Alzheimer, nos remete para a memória do texto e da tela.

Existem demasiados paplimpsestes, piscadelas..., na obra de Wyatt para que se possa resumir tudo. O filme apresenta uma vitória do dominados sobre os dominantes. César deveria chama-se Espartacus..., por exemplo.

 

O filme de Rupert Wyatt, sem 3D e sem cenas de sexo ou violência deliberada, convida-nos a pensar a ciência e o progresso.

Interessante verificar que, novamente, Andy Serkis, após a sua prestação no "Senhor dos Anéis", no papel de Gollum, se torna o actor que sabe actuar com os seus olhos, qualquer que seja o disfarce ou a técnica elaborada.

O Planeta dos Macacos: A origem, é um filme que nos leva a meditar sobre a ciência, o progresso e a violência.

E talvez melhor que certos pomposos tratados filosóficos.

 

Foto: Le Figaro Magazine, 12 de Ag de 2011, p. 76

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

Leiam bem:

 

"45 000 euros por uma refeição em família dá-me vómitos. O que se pode comer pelo equivalente de 45 000 euros? "

Testemunho dum groom

 

Fonte: Revista, Marianne nº 747, ( 13-19 de Ag de 2011), p. 56 / Foto: DadaPortoMaravilha

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

Festejará de futuro Falcao golos no, ou contra o Dragão?

Não me parece. E acredito que falcao sai sobretudo muito agradecido ao clube que o catapultou.

 

Muito bom negócio, mas custa-me vê-lo partir, evidentemente.
Preocupante é a forma como a massa adepta acaba manipulada tão facilmente pelos artistas de marionetas que temos a puxar os cordéis no comando... São muito bons os nossos dirigentes, sem dúvida! Até nisso.

É assustador imaginar a ingenuidade dos adeptos que acreditam, e se revoltam, que Falcao muda de ideias cada vez que vai à casa de banho, ou que o experiente Pinto da Costa não tivesse esta carta (venda) na manga desde sempre, ou que o aumento da cláusula de rescisão era precisamente o âmago da questão.
Aliás, lógico que Falcao saí a ganhar umas boas coroas com o negócio, mas para mim ele até foi amigo do clube, ou então muito ingénuo também, ao aceitar sair e descer de cavalo para burro, com umas palmadinhas nas costas à mistura dos patrões. Foi empurrado, com arte, sublinhe-se, para descer alguns degraus na carreira, a troco sobretudo - e apesar do jogador provavelmente não atingir tal - do interesse/necessidade do FCP.
Quem perde mais, desportivamente, com a rescisão do contrato nestes termos? O FCP ou Falcao?

Quando o Nuno escreveu este artigo, confidencio-me que a So Foot de Junho 2011 dava o Falcao como vendido neste defeso pelo FCP, e que a mesma nunca se enganava nestas coisas. Pois, infelizmente tinham razão...

 

Eu cá, estarei entre os que aplaudirão o Falcao quando visitar o Dragão.

por MrCosmos | link do post

 

 

 

Nunca tinha visto rugby de praia na Normandie.

No fundo da foto, podemos ver o porto da cidade do Havre.

Como diz um provérbio Normand:"Quando não se vê o porto do Havre é porque está a chover; E quando se vê é porque vai chover."

Pondo de lado esta brincadeira, a Normandie tem belas praias e enormes espaços. E uma grande história.

Talvez melhor se compreenda, assim, porque é que a França é o primeiro destino turístico do mundo.

Entre estas considerações, fica a ideia que o rugby se vai afirmando junto das autarquias. E pese a história dos clubes históricos do futebol  Normand como Le Havre, Caen, Rouen... o rugby impõe-se como a modalidade referência.

 

A Federação de Rugby, agindo como uma empresa de sucesso, afirma-se contra as outras modalidades. Pretende ser o desporto da não violência, o desporto da terceira parte: O da confraternização, longe das quantias escandalosas que podem ganhar os jogadores de futebol, por exemplo.

Se Chaball, vedeta do rugby Francês, é suspenso e multado pelo seu clube e, em seguida, não selecionado é porque criticou a arbitragem. Melhor dizendo, tocou um ponto que é sagrado no rugby. O respeito pelas e das decisões do árbitro.

Não admira, pois, que as autarquias vejam neste desporto uma enorme componente educativa.

 

Foto: DadaPortoMaravilha, Houlgatte, Agosto 2011

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

A "Petroleomonarquia", com a bênção do turboliberalismo, decidiu comprar tudo...

Campeonatos do Mundo de Futebol, de Andebol e até clubes: O PSG, por exemplo.

Dum ponto de vista sociológico, gostaria saber como o Qatar irá acolher as milhares de meretrizes e os milhares de litros de cerveja, aquando a realização do Mundial de Futebol...

 

Este post pode ser lido como a continuação de : "Tripas à moda do Porto ou Tripes à la mode de Caen ?"

Foto: So Foot, Agosto 2011 

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

Com a salutar "invasão francesa" no mês de Agosto pelas várias gerações de emigrantes portugueses de férias, repara-se que há uma nova e contagiante expressão que parece ter virado moda, jovialmente exaltada sobretudo entre as gerações mais novas luso-gaulesas, dos muitos já nascidos lá.

 

Foi com particular surpresa e admiração que fiquei a saber que tal expressão foi popularizada pela dupla V.I.P Ro et Cut já aqui apresentados, et "c'est ça que c'est bon!"

por MrCosmos | link do post

 

 

 

Os trolls, contrariamente ao que se poderia em aparência pensar, fazem parte da mitologia Nórdica. São seres agressivos que povoam as lendas e as montanhas da Noruega.

The Troll Hunter, realizado por André Ovredal,  não é Indiana Jones. Mas é um filme que me parece de muita qualidade, tendo-se em conta os muito poucos meios disponíveis para a rodagem.

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

   Nos toques e retoques da edição diária apercebi-me que hoje é dia

  3 de Agosto e que portanto, depois de ir confirmar ao certo,

  confesso, que o Cosmeticas.org assinala dois anos.

  É uma boa altura para agradecer a quem gosta de visitar esta nossa

  "dimensão", bem como pessoalmente agradeço ao companheiro Nuno

 PortoMaravilha pelo entusiasmo e partilha que aqui tem feito

  conosco, que o gostamos de ler.
É também com apreço que recebemos ao longo destes dois anos o reconhecimento demonstrado por vários "pares" dentro e fora da blogosfera. Por isso, boa continuação para todos e até já.

por MrCosmos | link do post

 

 

É com agrado que se constata a ideia que o Presidente do FC Porto tinha nesta matéria para o clube. Esperemos que a grelha do Porto Canal possa vir a crescer de conteúdos FCP mantendo em mente esta linha orientadora apresentada.

 

Sempre estive algo espectante, pela negativa, sobre a possibilidade de o FC Porto poder vir a ter um canal de Tv, temendo que o clube pudesse vir a cair na tentação de seguir o rumo da maioria dos alinhamentos televisivos estilo "Televisão de Seita" conforme grandes nomes do futebol mundial têm adoptado para seus canais, e caminho pelo qual o canal do clube português mais popular alinha desde o 1º minuto, o que inclusive e declaradamente envergonha boa parte dos seus adeptos. (link 1, 2)

 

Portanto, que o novo Porto Canal assim nunca decepcione.

por MrCosmos | link do post

 

 

 

Segundo Christophe Honoré, realizador de "Les Bien Aimés":

"A minha geração começou a sua via amorosa e sexual debaixo do terror da sida. Parece-me que, realmente, nunca se tranquilizou quanto a esta."

 

Fonte: Télérama, nº32111, p12 /  Fotos: Télérama, nº32111, p. 14 & Libé de 18 de Jul de 2011

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.