Não foi simples escolher entre a palavra canalisador e a palavra picheleiro.

Portugal é um país pequeno cuja língua apresenta um número sem fim de sinónimos.

Se o riso é o próprio do Homem ( Rabelais ) que esse seja contagioso e libertador !

 

Desenho : Willem, Libé, 24 de Maio de 2011, p.24

Este post é a continuação do post "FMI & Dark Vador"

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

O FC Porto ganhou outra vez uma competição Europeia.

Não é sobre o papel dos vencedores ou vencidos que irei escrever.

Interessa-me, sociologicamente, o paradoxo FC Porto.

Penso que é mais interessante que nos debrucemos quanto aos dados paradoxais, "sociologicamente escrevendo", que o FC Porto apresenta quanto à sua história no universo do futebol.

Quer se goste quer se não goste, o FC Porto é parte integrante dum país periférico nos nossos dias.

A vitória do FC Porto, na Europa Liga, deu origem à primeira vitória Europeia do mais jovem treinador desde sempre.

Retomando a análise de Pascal Boniface, podemos pensar que o paradoxo não finda aí.

 

Com efeito, considerando que :

a) Artur Jorge é o primeiro "doutoramento" a ganhar uma Liga dos Campeões. Já não é preciso se esconder nos anfiteatros universitários para poder ler "L'Equipe". Este mesmo diário agradecerá a prancha de salvação, denominando Artur Jorge : " Le Roi Artur ".

b) O FC Porto é o primeiro clube a dar um título Europeu a um  jogador Africano. A "talonnade à la Madjer" é , hoje em dia, uma expressão que se emprega regularmente. E talvez não seja um acaso se o FC Porto é o clube Português mais conhecido nos subúrbios das grandes cidades de França.

c) O FC Porto é o primeiro clube a concretizar a globalização ou a aldeia global. Três continentes estão representados, pela primeira vez, numa mesma equipa ( Viena 1987 ).

d) O FC Porto é um dos raros clubes Europeus a ter marcado presença nas finais de todas as competições Europeias, desde a Taça das taças até à Europa Liga.

 

Findando, o FC Porto é, realmente, um paradoxo. É um paradoxo porque não se enquadra, até hoje, nas teses elaboradas diacronicamente entre países centrais e países periféricos.

 

Clicar aqui, para ler a cobertura que "L'Equipe" deu à final da Liga Europa.

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

... É que, "o dia do juízo final" estava marcado para hoje...

 

por MrCosmos | link do post

 

 

 

" Sou absolutamente feminista na medida em que recuso aceitar qualquer raciocínio que possa defender uma superioridade "natural" duma parte da populução sobre uma outra. Estou convencida que todos os fascismos decorrem daí, do sexismo que actua no seu começo no seio da família ."

 

Para ler, integralmente, o retrato de Maria de Medeiros feito pelo diário Francês Libé clicar aqui.

 

Fonte : Libé : 5 de Maio de 2011, p.30

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

O maior festival de cinema do mundo começou dia 11 de Maio.

Numa época em plena mutação tecnológica queda saber se a sala de cinema saberá resistir às novas tecnologias ?

Com as pequenas câmaras dum celular ou outros "tam-tam" qualquer um pode ser cineasta.

Os riscos de confusão entre a realidade e o virtual poderão ser ainda mais maiores ?

 

Foto : Primeiro documento, assinado por Wilcox,  em que aparece o nome Hollywood (Cahiers du cinéma, nº spécial, Jan 1995, p. 23).

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

Se é sabido, desde os seminários de Lacan dos anos sessenta que as palavras têm um sexo, não deixa de ser curioso que a Língua Portuguesa seja bisexual quanto às palavras terminadas em "ista".

Achei curioso que a publicação LusoMagTv, publicação destinada à imigração Portuguesa tivesse tentado conjugar Porto e Benfica.

 

Mas talvez se perceba que, cada vez mais, as guerras entre Benfica e Porto ficam longe de quem começa a pensar a cidadania no âmbito da universalidade.

 

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

O vídeo presente, do filme já anteriormente aqui abordado de raspão, apenas serve de mote para introdução, mais do que de um post, de um tema, que abrange e interessa a bilhões da humanidade: A Bíblia Sagrada.

 

Sintetizando, a Bíblia pode-se considerar uma interpretação religiosa do motivo da existência do homem na terra sob a perspectiva Judeia, narrada por humanos mas considerada igualmente por praticamente todos os credos cristãos como que divinamente inspirada.

Por ela, milhões de pessoas já viveram, morreram, se refugiaram, foram queimadas e massacradas, se reforçaram e inspiraram, ou pura e premeditadamente a ignoraram ou subvalorizaram.

Uma coisa é certa: acerca de sua existência poucos lhe serão "ignorantes", quanto mais não seja, sobre sua relevância, e facilmente dela terão uma opinião formada.

 

Por ela, Gutenberg inventou a primeira prensa de impressão que seria o despoletar da página imprensa e duplicação em massa, e a partir dai para sempre, para todo o tema, género e formato. É o livro mais vendido de todos os tempos com mais de 6 bilhões de cópias em todo o mundo, uma quantidade 7 vezes maior que o número de cópias do 2º da Lista dos 21 Livros Mais Vendidos no mundo.

É atestada como tendo sida escrita por cerca de 60 homens, não contemporâneos, e que distam do primeiro (Moisés) ao último (O Apóstolo João) de um período aproximado de 1500 anos.

 

As duas maiores parábolas e as mais nucleares deste livro, pessoalmente encontro-as precisamente, não no novo testamento donde se baseariam os fundamentos de toda uma cristandade, mas sim no velho testamento, no primeiro livro de Génesis  na questão de a autoridade e dependência à um Deus criador ser questionada pelos seus recém criados humanos através de uma faculdade atribuída pelo mesmo criador: a do livre arbítrio (tema aqui abordado) e intrinsecamente ligado a todo o "enredo bíblico", e a segunda grande questão pode ser  encontrada no livro de , quando novamente a figura de Satanás o Diabo intervém, e acusa de interesseiros os homens fiéis a Deus, pois que o servem à custa da busca segura e egoísta de protecção e bênção divina - veja-se o exemplo das promessas religiosas típicas dos católicos - e que tal "escudo protector"  a ser-lhes retirado (por Deus, leia-se) qualquer homem sucumbirá, advoga o Diabo, sendo que Deus assim "picado", por uma segunda vez admite tal tipo de prova à humanidade.

A "salvação" do homem dependerá portanto da superação e bom sucesso destas duas provas, planos ainda em execução, aos quais passarão os humanos aprovados merecedores de uma segunda fase da história da humanidade: um mundo "paradisíaco" liberto da interferência maléfica de Satanás, destruído que será.

 

Um dos riscos de se aprofundar o conhecimento bíblico directamente a partir da fonte, do próprio livro sagrado, é que quanto mais se aprofunda a Bíblia de forma independente e mente aberta, tanto mais se corre o risco do crente se vir a tornar agnóstico - filosofia de quem acredita que a questão da existência ou não de um poder superior (Deus) não foi nem nunca será resolvida. Por mim falo.

Por isso há também milhares de fiéis da cristandade que são "formatados" para não acederem a Bíblia, sendo este um privilégio interpretativo dos Clérigos altamente doutrinados para tal, e vendido como "mistérios" para todos os demais.

 

Daí o poder deste livro e de quem souber descodifica-lo, ou colar-lhe a sua própria interpretação, que voltando ao vídeo e filme inicial, este post poderia ser também relacionado como que tratando de alguns dados adicionais para uma breve interpretação das entrelinhas na mensagem do argumentista Gary Whitta em "O Livro de Eli" realizado pelos irmãos Hudge.

por MrCosmos | link do post

 

 

 

Até hoje, a Bd Manga mais vendida em França em 2011 !

Poderia até ter intitulado este post : Na pista de comentários...

Das múltiplas leituras que fiz verifiquei que a maioria dos internautas comprou a obra por causa do título.

Foi o meu caso !

Ou seja : No mundo da selva liberal, continuam a haver referências e, contrariarmente, ao que se pode pensar a juventude não é tão inculta como certos o pretendem.

 

A Bd faz-me imenso rir. Não creio que ofenda. Só os puritanos se poderão ofender. Mas estes não conhecem o riso !

Adoro quando Buda fica fera, verificando que está presente em todas as lojas como bugiganga decorativa. E Jesus que não sabe poupar...

A Bd Manga de Hikaru Nakarama, quanto a mim, dá um salto qualitativo : Já não se trata duma problemática existencial Japonesa que reproduz o mal-estar duma sociedade mega industrializada e que é comum a todas as sociedades mega industrializadas.

É uma Bd Manga que se abre e que relativiza as crenças fanáticas...

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

Os meus filhos, tal como os seus amigos e amigas, não parecem preocupados com os acontecimentos de Fukushima.

Sendo fãs da série Os Simpson parece que deixaram de pensar ?

Faz parte do quotidiano de Hommer dar erro sobre erro, quando trabalha numa central nuclear.

Com efeito, não vale a pena preocupar as populações !

O nuclear é inofensivo !

 

Foto: Tchernobil 2011 : Um técnico mede a taxa de radioctividade / Foto clandestina.

Fonte : Télérama, nº3197, avril 2011, p.42

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

As Conversas são como as cerejas, uma leva a outra... e parece-me que os post também.

Na sequência do post anterior que publiquei, recordei-me do filme "My Girl" cujo um dos temas incluidos na banda sonora, seria a popularíssima musica com o mesmo titulo, da boys band de 5 afro-americanos os The Temptations (1969).

 

"My Girl", ou "O meu Primeiro Beijo" - titulo em Portugal (no Brasil: "O meu primeiro Amor"), balanceia entre o drama e a comédia, e desconheço se alguma vez foi editado em DVD.

Sei que o tenho em VHS, daquele tempo em que gravar bons filmes passados na TV era um hobby e em que encaderna-los com as capas originais disponibilizadas pela revista TV Guia, era um luxo! Para mim era.

 

A cena do primeiro beijo não deixará ninguém indiferente, tal como uma das cenas finais em que Vada (Howard Zieff) uma miuda obsecada pela morte e cujo pai é "cangalheiro", declama o seu poema "Weeping Willow", e nos deixa perceber a descoberta que constatara ser o seu primeiro amor - ao perder Thomas J. (Macaulay Culkin) de forma trágica. Esta é uma daquelas cenas de levar às lágrimas qualquer um que se tenha deixado envolver pela película de Howard Zieff , mesmo ao maior dos engatatões e durões machos latinos.

 

Este post pode ser lido na continuação de "Mon Dieu: O primeiro beijo e o beijo francês..."

Mais posts relacinados

por MrCosmos | link do post

 

 

(clicar para aumentar / cliquez pour agrandir)

 

O 25 de Abril de 1974 foi algo inédto. O Primeiro de Maio de 1974 foi a sua  continuidade.

Um povo mantido no silêncio e analfabeto soube expressar com dignidade e sem violência : A Liberdade !

As manifestações do Primeiro de Maio de 1974, em Portugal, são um exemplo de civismo.

 

fonte : Arquivos da época

Nuno

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

Que Paris era a cidade do romantismo, já sabia, o que desconhecia completamente era o termo "beijo francês".

Nem me passaria pela ideia que o típico "linguado" em Portugal, ou "beijo de língua" no Brasil, é conhecido em muitos países como tal: beijo francês.

Com isto, nem sei se deva pedir desculpa por tamanha ignorância, ou se me deva orgulhar por aos 35 anos continuar verificar que "viver é aprender", ainda que num assunto que supostamente começamos a doutrinar-nos com tenra idade...

 

A história é rápida e resume-se a expectativa do aguardado "primeiro beijo de casados", que até teve direito a "sessão dupla" (dois beijos), de William e Kate no já proclamado como casamento do século. O Jornalista narrava a peça  do momento, salientando que era inédito na história e tradição dos casamentos reais ingleses, dois beijos que levaram a multidão ao delírio, e que , portanto, palavras dele: "só não houve direito a beijo francês".

Ora vendo eu que os beijos em causa se tratavam de 2 tipicos "beijos chochos", "chapinha", ou "encosto de bateria" como eu custumo dizer, facil foi desconfiar que o que o jornalista queria ver era um linguado, a grande e a francesa...

 

Seja como for, nestas coisas há que nos documentar, e por muito detractor que o Catedrático Professor Francês PortoMaravilha seja da "wikicoisa" :-) , e me dê umas reguadas na mão cada vez que a uso, nada como uma espreitadela rápida para o teste no sítio das cabulas online, e em pt, em pt.

 

foto: “Le Baiser de l' hotel de ville”, Paris 1950, Robert Doisneau / música: Primeiro Beijo - Rui Veloso

por MrCosmos | link do post

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.