Com o pé direito, ou o esquerdo. A fazer o pino, ou o "4" meio torcido. Com passas, espumante ou champagne. Seja como for ou se queira, façam o favor de ter um BOM ANO e boa década. E boa continuação... :-) São os votos de toda a equipa Cosméticas.org .

por MrCosmos | link do post

 

 

 

A Mulher é o futuro do Homem. Cantava o poeta.

 

E não é verdade que o Banco Mundial de doação de  esperma se mostra junto dos revaldos de futebol ? Esperando os  doares verdadeiros e pujantes.

Porque será ?

E Viva o Porto !

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

Acabei de ver "Avatar" e ficaram-me estas impressões :

 

Para mim, "Avatar" é um grande filme. Não só condensa toda a história do cinema (Americano ou não) , como também questiona o porquê e o como  da Descoberta do Novo Mundo, isto é, das Américas.

Mas também levanta a problemática que é crucial para a raça Humana: Como encontrar as fontes de energia necessárias para alimentar uma sociedade industrializada que esqueceu a natureza ?

 

Em "Avatar" , o dia 11 de Setembro está presente . A destruição da Grande árvore não é mais que a representação simbólica do ataque às Torres de Nova Iorque.

Em Pandora , a Terra-Mãe não aceitará que um desequilíbrio seja criado entre a natureza e os seres que a habitam. E tomará partido.

 

"Avatar" é um filme comprometido. Ecologista dirão alguns?

 

Ou será que "Avatar" representa o "entrever" da tomada de consciência Norte Americana após o 11 de Setembro?

Pandora, o nome do planeta cujas florestas lembram as da Amazónia, reenvia para o filme com Ava Gardner e a legenda do Holandês Voador.

 

Em "Avatar" , o beijo (já há muito que não via um beijo cinematográfico na sua essência) não significa pacto com diabo.

Só harmonia! 

E Viva o Porto !

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

O pai Natal é um pénis que penetra a casa mãe cuja chaminé é a vagina , a lareira o útero e os presentes as crianças engendradas.

O pai Natal é uma imagem publicitária. Já serviu a propaganda militar (1863) e comercial : Coca Cola  , pneus, cigarros, sabão, café, etc.

O pai Natal substitui e apagou a Trindade Cristã : O capitalismo em posição divina , o promotor universal (o pai Natal) e a multidão de consumidores.

 

(Fonte : Jean-Jacques Delfour ; Filósofo)

E Viva o Porto !


 

 

por PortoMaravilha | link do post

 

 

Trinta anos após a publicação do primeiro tomo da sua série culta, "Les Passagers du Vent", François Bourgeon torna a dar vida à sua heroína: Isa.

 

Cosméticas apresenta aqui um extrato inédito de "Petite Fille Bois-Caiman, Livre 2". Esta obra estará nas livrarias em finais de Janeiro 2010.

Creio que não é preciso apresentar Bourgeon. Os seis tomos desta série estão traduzidos em Português. 

 

 

E Viva o Porto !

por PortoMaravilha | link do post

 

Jovial!

 

Um filme que deveria constar de qualquer videoteca que se preze, entre os amantes ou simpatizantes cinéfilos.

 

O modo como "Le Fabuleux Destin d'Amélie Poulain" nos pinta  Paris, em tons vivos e alegres com cenários coloridos onde encaixa a protagonista Amelie (Audrey Tautou) de seu guarda roupa a condizer entre a vivacidade dos verdes e vermelhos, roça o estado de hino à grande tela.

 

 

Com o recurso, e bom abuso, de grandes planos, nomeadamente à cara laroca da protagonista e suas expressões tipo "boneca de porcelana" , Jean-Pierre Jeunet obtém este sucesso do cinema francês, ressuscitando inclusive de certo modo, uma moribunda cinemateca francesa, a qual já não me sentava no sofá por mais de 30 minutos desde as saudosas comédias de Louis de Funes (o meu "Vasco Santana" francês). Mas devo no entanto confessar minha forte ignorância por estes roteiros do cinema gaulês, pelo que mais não me alargarei.

 

Tudo isto aliado ao inebriante perfume da banda sonora  do filme (de Yann Tiersen) , são componentes que levariam a película a nomeação para cinco Óscares em 2002.

Nada menos importante esta referencia final ao toque musical de Yann Tiersen que lançam o mote ou embalam pelos vários estados de alma do filme, ou melhor, do espectador, entre a melancolia, a disputa, marcando o argumento pela tal jovialidade e a rotina do dia a dia. Para a história e sucesso das bandas sonoras ficam temas como La Valse D'Amelie  (no vídeo abaixo) , Le Moulin , Comptine D'un Autre Ete, La Dispute (ouvir aqui) .

 

Nos primeiros 15 minutos deste filme, Jean-Pierre Jeunet lança-nos numa narrativa alucinante que prende o espectador ao ecrã, de forma esplêndida, mas, é a partir de mais ou menos à meio do filme que aparece o grande "senão" que a crítica menos boa não perdoaria, a qual de resto me junto, quando o filme entra num marasmo total, enrolando-se em muito "mais do mesmo" , enquanto Amelie cumpre o seu fabuloso destino de ajudar os outros a encontrar alguma felicidade. Acho que exemplificativo deste "chove-não-molha" que quebra a expectativa empolgante inicialmente lançada, resume-se por exemplo no comentário final que ouvi do meu filho mais velho (16 anos) à poucos dias quando lhe apresentei o fabuloso destino:  "É pá, nem sei se gostei ou não..."

 

por MrCosmos | link do post

 

 

 

Francis Ford Coppola deu uma enorme entrevista ao diário "Libération" de 19 e 20 de Dezembro deste ano. No fim da entrevista (4 páginas) , Coppola fala dos seus projectos e ideais.

 

"Tetro" (2009) é em preto e branco, mas a cor aparece sempre que filma uma lembrança e Tetro é o filme duma lembrança insuportável ?

Associo a cor em Tetro a um homem movie, "tipo super 8" que filmávamos no Natal quando éramos crianças. Martin (Scorsese) também fez muitos. Também comecei o cinema assim.

 

Os seus últimos filmes foram rodados fora da América: Roménia, Argentina. Há um certo romantismo a imaginar-se como um cineasta exilado ?

É em parte devido a razões económicas que rodo fora. Se quero realizar um filme como o entendo tenho que realizá-lo eu próprio (...)  Rodar longe implica uma certa solidão e esta pode pesar. Digo isto, mas é possível que o meu próximo filme seja rodado no Brasil.

 

Pode dizer mais sobre este projecto ?

Estou a trabalhar sobre dois cenários. Um que se pode rodar nos Estados Unidos e um outro que se pode rodar no Brasil . Ambos sobre uma ideia original. Estou a tomar gosto. Há algo no ar de interessante para o cinema. Tal como a pirateria, que não poderemos parar. Tudo se tornou "reprodutível" . E volto de novo ao meu "cinema live" , o digital abre horizontes, o cinema torna-se maleável. É a primeira vez que falo disto , mas desejo um filme que seria diferente dum dia para outro. O filme projectado segunda não seria o mesmo de sexta. Uma forma maleável, finalmente viva que poderia controlar desde minha casa e mandar para quantos ecrãs quisesse : É isso o milagre do digital e não o de fazer voar Superman. É preciso levar o digital para uma forma na qual possamos intervir , diariamente, no momento da projecção. Só o "live" pode combater o DVD.

 E Viva o Porto !

 

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

por MrCosmos | link do post
etiquetas: ,

 

 

 

"Dizem que "El ghoraf " foi inventado por Ronaldinho. Mas as pessoas estão longe da realidade. Foi criado por Assad" . - Rabah Madjer

 

(Fonte :  "So Foot,  Cahier spécial  : Afrique 2010 ", p.54) 

E Viva o Porto !

por PortoMaravilha | link do post

 

 

 

 

 

"O cinema em 3D é o maior salto tecnológico desde a chegada da cor há sessenta anos ".

Palavras de Jeffrey Katzenberg , administrador do reputado estúdio de cinema Dream-Works Animation. (Fonte : Pour nº 140 , p. 29,  Nov de 2009) 

E Viva o Porto !

por PortoMaravilha | link do post

 

Se entre homem e mulher, diz o povo, não se mete a colher,  já do twitter não se pode dizer o mesmo.

 

Diz quem viu, e está disponível online, que na hora de beijar a noiva, Dana Hanna, um engenheiro de Maryland, nos Estados Unidos, preferiu actualizar o twitter (!).

Alterar o seu "estado de relação" no facebook e postar a boa nova no twittter, foi a primeira opção, com naturalidade, que nos noivos assumiram após o reverendo os declarar "marido e mulher". Insólito, mas ocorreu no passado dia 21 de Novembro. O vídeo também foi instantaneamente colocado no youtube.

Casamentos gay? Qual quê! Isto é que são modernices, à sec. XXI...

Portanto... «it's official on facebook, it's official in my book - o noivo pode beijar a noiva». Conclui o reverendo para gaudio geral.

 

por MrCosmos | link do post

 

 

 

 

 

 

 

_______

Na continuação, segue-se uma outra entrevista dada por Peter Jackson ao Le Monde.

por PortoMaravilha | link do post

 

Confesso que quando tomei conhecimento e ví o trailer deste filme, conclui logo que teríamos alí caso que preencheria as medidas, e de que maneira, ao amigo co-editor do Cosméticas, PortoMaravilha. Senão vejamos:

 

-Invictus (=) Invicta (o berço/cidade) ;

-Política (o professor);

-Nelson Mandela (o humano);

-Rugby (o dilema);

-Conflitos raciais (o multicultural);

-A vitória do bem (desporto/união) sobre o mal (Apartheid/separação).

 

A estreia oficial de Invictus (relaizado por Clint Eastwood) deu-se na passada sexta-feira 11, nos EUA. Para as telas portuguesas aguarda-se à 14 de janeiro próximo. Já para as telas francesas, a estreia está marcada  para 24 de fevereiro. E só não recomendo a sua compra, já disponivel legalmente para visualização ou download via web, porque está ainda muito caro. | ficha do filme 

 

PS: (O porquê do tema do post) Dou comigo a pensar e arranhar a cabeça, achando curioso, mas nada inocente,  como quando a FIFA e a Africa do Sul se preparam para apresentar ao mundo um Mundial de futebol, Hollywood responde (?!) salientando a importancia do rugby para a mobilização da sociedade sul africana... Ainda não é um clássico, mas esta guerra entre a bola redonda e a oval já é um derby, planetário, às vezes disfarçado...

por MrCosmos | link do post
etiquetas: , ,

 

 

 

Editado em 1959 , o romance Emmanuelle conhece um sucesso mundial. Em 1974 aparece o filme epónimo com Sylvia Kristel e , sem dúvida um dos recordes mundiais, fica nas salas durante 13 anos.

 

Quatro anos mais tarde , Guido Crepax , toma de novo por sua conta este mito, para elaborar uma obra prima erótica.

Guido Crepax é um dos grandes  desenhadores da 9ª arte. Há , pois , que saudar a reedição deste clássico da Bd que está nas livrarias desde o início deste frio mês de Dezembro (Editions Delcourt).

E Viva o Porto !

por PortoMaravilha | link do post

 

Comemoram-se 5 anos. Este desempate por GP, foi o quarto-de-hora de futebol mais longo da minha vida. Foi um estado de nervos que me deixaram de rastos. Acabei a festejar com as lágrimas pela cara abaixo. E foi a partir deste dia, quando o meu filho mais velho me viu naquele estado, que ele próprio despertou para o portismo.

 

O futebol tem coisas f-a-n-t-á-s-t-i-c-a-s, que guardamos para a vida...

por MrCosmos | link do post
sinto-me: Bí-Pentacampeão :-)

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.