Pendant quarante huit ans le Portugal a vécu sous un régime fasciste.

C'était un pays qui vivait isolé et replié sur lui même.

Le taux de la mortalité infantile était l'un des plus élevés au monde malgré la richesse des colonies. 

Sur le plan sportif le foot était roi. Mais seuls les clubs de la capitale étaient champions. 

Comme dans l'Espagne Franquiste ou l'Italie de Mussolini.

 

La Révolution des Oeillets (25 avril 1974) a donné la liberté au peuple portugais.

 

Ce n'est qu'après la chute du fascisme que le FC Porto peut exprimer son génie.

Il devient l'un des meilleurs clubs du monde grâce à ses titres.

Il est aussi le premier à offrir une Coupe d' Europe à un joueur africain (Madjer).

Le document ci-joint nous semble dévoiler cela.

 

Source: República, 18 Mar 1974

Nuno

 

.

Clicar para ampliar / Cliquez pour agrandir

 

Em 25 de Abril de 1974 é derrubado um dos sistemas fascistas mais longos da história Europeia.

Quando é anunciada o início da Revolução dos Cravos, nenhum média Francês tinha um correspondente permanente em Lisboa.

Pior que isso: Nenhum média internacional estava em condições de retratar os acontecimentos Lusos.

Portugal fazia parte do que se chama "zonas cinzentas do planeta". Não existia... 

Para os jornalistas estrangeiros, a imprensa estava demasiada comprometida para ser fiável.

 

No que toca ao desporto, o futebol era a modalidade posta em relevo.

Durante cinquenta anos, os clubes de Lisboa são campeões.

O que é curioso!? Os dados falam só por si!

Tal como na Espanha Franquista os clubes da capital são campeões.

Só após a queda do fascismo foi possível ver o FC Porto, clube popular do Porto, ser campeão nacional.

Um clube que se tornou famoso graças aos seus títulos europeus e mundiais.

É também o primeiro a ter proporcionado a um jogador Africano (Madjer) ser campeão Europeu.

 

A peça aqui apresentada parece elucidar o que foi exposto. 

Sporting e Porto estão separados por dois pontos no topo da tabela.

Um jogo que se realizou uma semana antes do 25 de Abril.

 

Fonte: República, 18 Mar 1974 

Nuno

por PortoMaravilha | link do post
Retirado do Blog do Grão Vasco

"...Tempo de um apogeu do Glorioso, que muitos dos que me lêem não sabem o que foi, em que se traduziu, o que significou para os portugueses e para o próprio país.
Foi uma era esplendorosa que obrigou a Europa a reconhecer Portugal como um país e não como uma pobre província da Ibéria onde vegetava um bando de maltrapilhos, analfabetos, mal vestidos e cheios de fome, e cuja representatividade internacional era assegurada pelo Benfica, por Eusébio e pela grande Amália Rodrigues.
Fado e futebol nas suas expressões portuguesas mais autênticas e que conseguiam mitigar em parte, a opressão e as carências de todo um povo.
Depois, com a libertinagem e o oportunismo que um regime democrático arrasta, os revisionistas da história de um coio sediado a norte, liderados pelo maior crápula de que há memória, tentaram reescrevê-la, lançando a maior blasfémia e o maior insulto ao Glorioso, apelidando-o de clube do antigo regime.
Uma mentira torpe e que demonstra o miserabilismo do mais reles grémio de aldrabões do desporto português – o futebol clube do porto.
Contra o banditismo selvagem, o sectarismo ordinário, o insulto provinciano, a mentira e a chicana, esse Benfiquismo de sempre, um sentimento que não se consegue explicar, sobreviveu a tudo.
E hoje, felizmente para as gerações mais jovens, muitos Benfiquistas que viveram esses e outros tempos gloriosos e ainda cá estão, são o testemunho vivo e o garante que essa sociedade de sopranos à la Palermo..."
"...Cada um faz a cama que quer e deita-se com quem quer..."
"...O problema é só dele e de mais ninguém e as acções como diz aquele lugar comum, “ficam com quem as pratica”..."
"...Não sei se alguma vez ouviste as escutas telefónicas relacionadas com o Apito Dourado. Pela tua conversa tão assertiva e tão “pura” em relação à justiça deste país, defendendo a magistratura como um “dogma absoluto” concluí que nunca ouviste essa vergonha, essa nódoa negra de um país onde a impunidade grassa..."

1 - http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=P1hO_hizjJY
2 - http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=L6DdRh-MHZ8
3 - http://www.youtube.com/watch?v=eqZKbgE9Zgg&feature=player_detailpage

de Grão Vasco a 10 de Maio de 2012 às 00:26

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.